segunda-feira, 17 de julho de 2017

A PROFECIA

Há certas horas na vida/Que somos levados para bem longe/Distante do presente/Por mais que lutemos para não lembrar/Acabamos sendo carregados para imagens que ficaram na prateleira do passado/Quando caminhei sozinho/Quando andei pelas longas noites/Perambulando sem destino/Procurando um sentido na vida/Quando achava que tudo tinha terminado/Você apareceu/Ouvindo de mim/Que até que enfim/Tinha encontrado uma namorada/Faz tempo que essa conversa aconteceu/Talvez mais de uma década/Você foi profeta em tudo/Ao dizer adeus/Explicitou o meu futuro/Afirmou que a minha escolha/Seria desastrosa/Infeliz/Triste e melancólica/Revelou que me amou muito/Estava preparada para envelhecer ao meu lado/Por amar tanto/Estava respeitando a decisão/Ao descer as escadas da minha casa/Olhou pela última vez/Talvez esperando que reconsiderasse a minha escolha/Como não expressei nenhum gesto/Continuou descendo os degraus/Hoje vive com outro/Como disse lá atrás/Que se um dia viesse a viver com outra pessoa/Na calada da noite/Com a cabeça encostada no travesseiro/Iria sentir saudade/E falta de mim/Isso também/Está acontecendo comigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário